quinta-feira, 24 de julho de 2008


"Não sabeis vós que os que correm no estádio, todos, na verdade, correm, mas um só leva o prêmio? Correi de tal maneira que o alcanceis.
E todo aquele que luta de tudo se abstém; eles o fazem para alcançar uma coroa corruptível; nós, porém, uma incorruptível.
Pois eu assim corro, não como a coisa incerta; assim combato, não como batendo no ar.
Antes subjugo o meu corpo, e o reduzo à servidão, para que, pregando aos outros, eu mesmo não venha de alguma maneira a ficar reprovado". (1Co. 9-24-27)




Para fazer o possível, nós não exercitamos muito nossa fé, porque as coisas possíveis estão ao alcance dos nossos olhos, das nossas mãos, ou seja, elas estão sob o nosso controle.


Por outro lado, quanto às coisas impossíveis, é necessário o uso da fé, porque essas coisas não estão em nosso controle, aí sim, é hora de provar a determinação e perseverança.


A bíblia nos diz em 2Tm. 2.12 que: "Se sofrermos, também com ele reinaremos; se o negarmos, também ele nos negará;"


A perseverança possui 2 aspectos, o compromisso da nossa parte em não desistir ou determinação em terminar a tarefa, e também diz respeito à capacidade da parte de Deus. Ele nos concede a graça de terminar aquilo que nos chamou a realizar.


As suas ordens são também a sua promessa de vitória.


Deus, ao longo de nossa vida cristã nos treina, nos capacita, nos faz participar de um processo para que estejamos preparados para reinar com Ele.


Ele deseja nos moldar, nos refinar e permite que experimentemos tentações que nos forçam a fazer escolhas.


Há situações em que nós fracassamos, mas se nos arrependermos, confessarmos e desviarmos dos pecados, recebemos o perdão de Deus e um novo começo, afinal, Deus é o Deus de novos começos.


Todos os dias Ele está trabalhando em nós, as lutas fazem parte do processo curativo vitorioso e à medida que aprendemos essas coisas, O amamos, aceitamos e perdoamos uns aos outros, como irmãos em Cristo, o amor de Deus flui através de nós para que nos ajudemos mutuamente.


Para que possamos chegar a preciosidade de uma pedra é preciso passá-la pelo fogo, pode até doer, mas os benefícios são incomparáveis e inimagináveis.


Obrigada Senhor!




"Tendo por certo isto mesmo, que aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até ao dia de Jesus Cristo;" (Fp. 1.6)

Nenhum comentário:

Postar um comentário